Misericórdia - Obra da Figueira :: Instituição Particular de Solidariedade Social Mapa do Site  |   Contactos
  Terça, 23 de Outubro de 2018
   
No Site No Google

Misericórdia assinalou 178.º aniversário

Destaques >>

A Misericórdia Obra da Figueira acaba de celebrar 178 anos de vida sempre em prol da solidariedade e bem-fazer junto dos que mais necessitam.

Com mais de meio milhar de pessoas (582) apoiadas directamente pela instituição, a Misericórdia Obra da Figueira tem presentemente um orçamento na ordem dos três milhões de euros para garantir o bom funcionamento dos serviços, com a qualidade que todos desejam.

O aniversário deste ano foi marcado por alguns momentos mais significativos, que se iniciaram a 4 de Dezembro com a assinatura do protocolo entre a Misericórdia, Instituto Politécnico de Coimbra e o Coimbra Business School (ISCAC), para instalação de um Pólo do Ensino Superior – Escola do Mar – na Casa dos Pescadores de Buarcos.

Seguiu-se, entretanto, na Igreja de Santo António, a missa solene celebrada pelo Capelão Cónego João Veríssimo, com a participação do Grupo Coral da Paróquia de Buarcos.

Aproveitando a quadra natalícia, a instituição realizou no passado sábado a Festa de Natal do Jardim de Infância e na passada segunda feira, a Festa de Natal da Creche.

Mas o momento mais significativo foi vivido na noite do passado dia 8 (feriado) com o jantar convívio do pessoal da instituição e colaboradores, que juntou mais de uma centena de pessoas na Quinta da Salmanha, onde foram distinguidos os trabalhadores (Fernando Marques, Maria Lurdes Rodrigues, Júlia Monteiro, Maria Leonor Ferreira, Maria José Glória, Maria Isabel Caneiro, Hermínia Conceição Pedrosa, Maria Otília Rama, Maria Conceição Mesquita, Florence Eufémia Joanes, Sidónia Oliveira, Alvarina Ribeiro, Carlos Alberto Martins e Maria Fátima Henriques) que completaram 25 ou mais anos ao serviço da Misericórdia

Nesta cerimónia interveio o Provedor Joaquim de Sousa, que agradeceu a presença de todos e a “dedicação que colocam nas funções de desenvolvem”.

Aproveitou para apresentar um novo folheto promocional da Igreja de Santo António, em quatro línguas, por se tratar de um dos monumentos mais antigos e visitados da Figueira.

Nas breves palavras que proferiu falou da ginástica que “é preciso fazer para equilibrar a gestão de uma instituição com a grandeza da Misericórdia”, sobretudo pelas “dificuldades burocráticas” mas também, porque os apoios institucionais escasseiam “e os nossos esforços no apoio à solidariedade aumentam”.

Finalizou deixando um recado à autarquia “que não gosta de nós” e o exemplo disso é a revitalização da zona de Buarcos “que pode inviabilizar o projecto da Casa dos Pescadores em Buarcos e a Escola do Mar”, mas os nossos objectivos estão nos horizontes do desenvolvimento da cidade e “não vamos desistir de ânimo leve” concluiu.

GALERIA DE IMAGENS

 

Última actualização: 18.12.2017

Voltar aos Destaques
 
 
Mapa do Site  |   Contactos

© 2010-2018 - Todos os direitos reservados. Concepção e Desenvolvimento: SEU-DOMINIO.com