Misericórdia - Obra da Figueira :: Instituição Particular de Solidariedade Social Mapa do Site  |   Contactos
  Quarta, 19 de Setembro de 2018
   
No Site No Google

Diretora Regional da Cultura do Centro visitou Misericórdia-Obra da Figueira

Destaques >>

A convite da MisericórdiaObra da Figueira, a directora regional da Cultura do Centro, Celeste Amaro, visitou na passada terça feira a Igreja de Stº. António, também conhecida por Capela da Misericórdia, um templo do antigo Convento de Santo António, fundado no ano de 1527, por Frei António de Buarcos, — rellogiozo de grande vertude — com o apoio dadivoso de D. João III e D. António Fernandes de Quadros, Senhor de Tavarede, ali sepultado em 1540, por vontade testamental.

O templo tem sofrido importantes melhorias de recuperação, sobretudo nos últimos anos, mas o largo fronteiriço ao mesmo é hoje um péssimo exemplo de degradação daquilo que não deveria ver-se, com a autarquia a protelar no tempo os devidos arranjos urbanísticos, onde se encontra também a árvore (um freixo) mais antiga do concelho, (mais de 200 anos), com algumas das suas ramadas em iminente estado calamitoso e que podem a qualquer momento provocar uma tragédia, assim como o próprio muro de suporte com visíveis sinais de degradação.

Foi por este conjunto de razões que a Misericórdia-Obra da Figueira convidou Celeste Amaro a visitar a Instituição para conhecer os problemas, porque se trata de um espaço classificado de «Imóvel de Interesse Público» pelo Decreto 95/78 de 12 de Setembro, com uma área de influência num raio de 50 metros.

A Diretora Regional da Cultura foi recebida pelo Provedor, Joaquim de Sousa, acompanhado de outros mesários, a quem foi pormenorizadamente explicada a situação, já do conhecimento da autarquia desde 2006 (Duarte Silva), mas mais recentemente a vereadora Ana Carvalho, do actual executivo, também foi devidamente inteirada da questão numa visita que fez às instalações, deixando a intenção de solucionar o problema, com a Misericórdia-Obra da Figueira a disponibilizar-se para colaborar nessa requalificação e melhoramentos do Largo.

Celeste Amaro aludiu a um protocolo de colaboração de apoio técnico celebrado entre a Cultura e as Misericórdias, disponibilizando-se em colaborar e até mediar o presumível “conflito” entre a Misericórdia e a Autarquia para solucionar os problemas.

A Misericórdia-Obra da Figueira vai enviar a documentação e todo o processo relativo ao assunto para a Direção Regional da Cultura do Centro, esperando-se dentro da brevidade possível que se ultrapasse todas as dificuldades e a obra seja uma realidade a bem da Figueira da Foz.

A Diretora Regional teve ainda oportunidade de fazer uma breve visita no interior da Misericórdia, Capela de Santo António e o Largo.

Posteriormente, Celeste Amaro visitou as obras em curso na Capela de Nossa Senhora da Conceição, em Buarcos, acompanhada por José Filipe que explicou o ponto da situação. Trata-se de uma recuperação já em curso e que é co-financiada, com um investimento total de 53.890 euros, comparticipada em 37.723 euros. O prazo de execução das obras é de 180 dias.

 

Última actualização: 27.01.2017

Voltar aos Destaques
 
 
Mapa do Site  |   Contactos

© 2010-2018 - Todos os direitos reservados. Concepção e Desenvolvimento: SEU-DOMINIO.com